Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

* A estrela do dia é...*

pink star1.jpg

 

...hoje lá na página este par de alpercatiny rosinhas com mini estrelinhas. 

Não são assim a coisa mais fofa deste e do outro mundo?

 

 

(P.S. - Isto foi só para tentar apagar a notícia de um pit bull com a patinha ferida abandonado na rua pelo dono e que tinha sido adotado de uma associação onde tinha ido parar quase às portas da morte com os maus tratos. Estas coisas matam-me e deixam-me bamba das pernas... )

ª Oh dia do camandro! *

Começou logo de manhã. O despertador não tocou, logo levantei-me meia hora mais tarde o que interferiu brutalmente na minha rotina da segunda feira.

 

Tenho de sair por volta da uma da tarde para ir encher cabeças de putos de inglês - entenda-se dar aulas - na minha primeira escola e só me lembrei que não tinha feito as fichas de trabalho para deixar a fotocopiar para o dia seguinte, ao meio dia! Pensei para com os meus botões "já tenho as aulas todas engatadas por causa do despertador... que cena, pá!" Como é que eu iria conseguir fazer 5 fichas de trabalho numa hora para dois níveis diferentes?

 

Incorporei a super teacher, liguei o turbo dos neurónios e dei a velocidade máxima aos dedos. Creio ter visto fumo a sair do meu computador e teclas a saltar por todos os lados mas estranhamentos, estão cá todas! Anyway, eram dez para o meio dia e já estava tudo feito e "empremido"! Sobraram 10 minutos para almoçar, lavar a dentuça e apanhar o bus! Prova superada! Ufa!

 

Tenho o GRAVE defeito de me descuidar com as horas se não houver toques de saída nas escolas. Continuo ali a ensinar, ensinar, ensinar.... Ora hoje foi um dia desses: continuei a ensinar, ensinar, ensinar... até que percebi que tinha dado mais 15 minutos de aula e que nem os miúdos se queixaram, nem eu dei pelo tempo passar e nem as auxiliares me alertaram!!!

 

Bolas, chiça salsicha! Perdi o meu bus que me levava à minha segunda escola!!! Das duas uma, ou entro em pâico e tenho já um treco... ou dois, vá, ou respiro fundo e tento chegar até ao minuto e que toca para a entrada. Respirei fundo e sequei na paragem - enquanto roía mentalmente as minhas unhas - até que um bus aparecesse e me fizesse sair do "Cu de Judas City". Ainda me fartei de rir com um maluco que ali entrou. Agradeci-lhe mentalmente pelo momento de loucura ali demonstrado e que me descontraiu... 

 

Pelo sim, pelo não liguei para a escola para avisar que iria chegar em cima da hora. Mas lá já sabem que eu chego sempre a horas e, desta vez, não foi excepção. acabei por chegar a horas e ainda ir fazer um xixizinho antes de me enfiar na sala! Mais uma prova superada! Ufa... take II! :

* Meninas, isto pode interessar-vos... *

Gostei muito de ler este texto, escrito de forma irrepreensível, reparem na forma magnífica como as palavras são escritas!

Gostei da forma clara e elucidativa como é demonstrada a grandeza de caráter desta pessoa.

Gosto muito de vocês, meninas, e só quero o vosso bem, por isso, achei que alguma de vocês se poderia candidatar à vida de princesa que este príncipe está a oferecer.

Não fosse eu comprometida e já teria "amandado" uma candidatura!

Bijous três jolie pra vos!

 

rir1.jpg

 

* Goldenergy, nunca mais! *

Com a liberalização do mercado de energia, e mediante de uma proposta da Goldenergy, mudámos para esta empresa.

 

Ao fim de um ano e tal, verificámos que o prometido nunca foi verificado, que o que contrataram nunca se sentiu e que os consumos na fatura são sempre MUITO superiores ao constante nos contadores. As estimativas feitas por eles são BEM GRANDES, o que é uma excelente forma de encher o bolso da empresa à conta do cliente pois este está a pagar um consumo que ainda não foi consumido, passo a redundância.

 

Um dia destes, tivémos uma proposta de outra empresa da concorrência, que por acaso é a da minha mãe, e como não estávamos nada satisfeitos com a Goldenergy, optámos por mudar.

 

Hoje recebo uma chaada da Goldenergy de uma senhora muito antipática e de uma arrogância brutal a perguntar-me porque vamos mudar para outra empresa. Apesar de eu achar que não têm nada a ver com isso, respondi que nunca tínhamos verificado nenhum desconto contratado, que enviávamos religiosamente a contagem mensalmente mas que nas faturas nunca vinha correta - tendo a besta senhora respondido que desde dezembro que não recebiam a nossa contagem! -, além de várias outras coisas.

 

Reafirmei que mensalmente eram enviadas as contagens concerteza, tendo a senhora asperamente respondido que não estava a duvidar de mim, apesar de ela ter batido na mesma tecla quinhentas vezes.

 

A coisa começou a piorar quando me começa a levantar a voz e a exaltar-se! Eu nem queria acreditar no que estava a ouvir! Como não aturo gente mal educada e muito menos gratuitamente, respondi que não queríamos continuar na Goldenergy e que mudámos para outra empresa por mútuo acordo, eu e o N. (até isto ela perguntou!). Desejei um bom trabalho e desliguei porque a coisa ia descambar e eu não entro em confronto com gente de inteligência inferior à minha.

 

Devia ter desligado logo o telefone assm que esta energúmena começou a abusar nas perguntas a uma cliente, ou melhor ex-cliente? Devia! Devia tê-la mandado pastar quando se notava, pela sua insistência, que queria obrigar-me a voltar para a empresa? Devia! A senhora devia ter sido simpatica e JAMAIS ter sido arrogante? Devia! A senhora devia ter-se identificado (com o seu nome) como fazem todas as empresas? Devia... mas não o fez!

 

Deixo aqui um conselhozito às empresas da nossa vida: não ponham senhoras com TPM, antipatia, arrogância ou má educação genética, na angariação de clintes. Além de não conquistarem novos ou ex-clientes, ainda passam uma imagem péssima da empresa por melhor que ela seja.

 

Por isso, caros/as leitores/as GOLDENERGY (que de gold não tem nada), nunca mais!

phone.jpg

 

* Verdade, meninas? *

10408814_669318716481820_7468980370346450475_n.jpg

(Gajos é favor de não tirar vantagem de uma mulher indefesa, quer dizer, com unhas acabadinhas de pintar!)

 

É fatal como o destino!

Sempre que estou a pintar as unhas,

ou tem de tocar o telefone,

ou o carteiro tocar à porta,

ou cair qualquer coisa ao chão, 

ou ter de escrever no PC e uma tecla estragar tudo,

ou dar-me uma vontade urgente de ir verter águas!

E quando é algum cabelo aqui da frente que, de forma inexplicável, resolve ir deixar a sua marca capilar numa unha?

Lá tenho de tirar o verniz todo e voltar a por!

Arfs!

 

(Possíveis gajos leitores, este é um post totalmente fútil para voceses mas de forte compreensão e provável vivência dos maravilhosos seres femininos que me vêm visitar!  )